Este livro é uma mescla de quadrinhos e dissertação acadêmica resultado do Mestrado Profissional em Memória Social e Bens Culturais realizado por Guilherme Smee na Universidade LaSalle (Canoas/RS). Guilherme estudou em seu Mestrado o quadrinho autobiográfico Fun Home, uma tragicomédia em família, da autora lésbica estadunidense Alison Bechdel. No quadrinho de Bechdel, a autora aborda temas de identidade de gênero e sexualidade, bem como a construção e produção da sua identidade como lésbica através das permissões e pressões da sociedade e da cultura em que se inseria.

Para produzir Só os inteligentes podem ver, Guilherme Smee traçou algumas diretrizes que o orientaram na confecção de sua própria autobiografia em quadrinhos abordando questões de sexualidade, que estão presentes no final da publicação. Também neste livro em quadrinhos o leitor poderá encontrar partes da dissertação produzida, que discute identidade de gênero e as pressões socioculturais para uma atuação binária da normatividade como heteronormatividade, heterossexismo e heterossexualidade compulsória, além de outras teorias dos estudos queer, feministas e de gênero, fortemente apoiadas na filósofa pós-estruturalista Judith Butler.

Só os inteligentes podem ver teve orientação da Profa. Dra. Tatiana Vargas Maia e co-orientação do Prof. Dr. Steven Butterman, da University of Miami

Só os inteligentes podem ver

R$ 30,00 Preço normal
R$ 25,00Preço promocional
  • Autores: Guilherme Smee e Danilo Aroeira

    Páginas: 56

    Cor de capa: Colorido

    Coe de miolo: PB

    Formato: A5 (14,8 x 21 cm)