Livros Teóricos

O HOMEM QUE RI

Sobre a Obra

Carlos Vazquez, André Pansera, Marcelo Lara e Fábio da Luz Páginas: 308 Cor de capa: Colorido Cor de miolo: PB Formato: 14 x 21 cm Em 1940, surgiu nas páginas de Batman 01 aquele que seria o maior vilão da cultura pop: o Coringa. Muitas versões, releituras e encarnações do personagem aconteceram nas suas décadas de vida nos quadrinhos e em outras mídias, como animações e videogames. O Coringa se tornou um ícone pop e, neste livro, um objeto de estudo. Seguindo o sucesso do livro Os Cavaleiros das Trevas, está nova obra traz um importante e inédito resgate histórico do personagem em todas suas versões, principais histórias e presença em diferentes mídias. Trata-se de um livro jornalístico que aborda a origem, aparições, legado, influências e principais obras do personagem.   Meu texto no livro aborda a saga Morte em Família, em que o Coringa mata o Robin Jason Todd, analiso o personagem através da lógica do absurdo, cunhada por Albert Camus.